Renault Kwid E-Tech elétrico é lançado no Brasil

O Renault Kwid E-Tech elétrico é lançado no Brasil e chega com um preço atrativo e competitivo, de R$ 142.990,00. Portanto, tem um custo muito baixo.

Dessa maneira, entre o destaque deste automóvel estão os 298 quilômetros rodados em via urbana com apenas uma carga de bateria.

Além disso, a marca promete que o valor será mantido durante toda a pré-venda do carro, que vai até julho. No entanto, as entregas são terão início em agosto de 2022.

Conheça o Renault Kwid E-Tech elétrico

Produzido na China, o Renault Kwid E-tech totalmente elétrico chega no Brasil pronto e adaptado ao mercado, pelo valor de R$ 142.990.

É óbvio que o valor é naturalmente mais alto em comparação ao carro normal. Entretanto, ainda é mais em conta do que os outros automóveis elétricos que são ofertados no Brasil.

Antes dele, o mais barato era o JAC E-JS1, que custa cerca de R$ 165.000. Por sua vez, o primeiro automóvel elétrico vendido aqui, que é o hatch Zoe, tem um custo a partir de R$ 239.990.

As medidas do Renault Kwid E-tech 100% elétrico são semelhantes ao normal, com 1,57 m de largura, 1,47 m de altura e 3,68 m de comprimento.

Se gostou do nosso conteúdo, siga nossas redes sociais no *Instagram, Facebook, Pinterest e no Tumblr.

No entanto, ele vem com um peso maior, de 977 kg, ou seja, mais de 190 kg do que a versão do motor a combustão. O porta-malas, por sua vez, tem capacidade para 290 litros.

Então, o conjunto de bateria é de 27 kWH de íon-litío, capaz de entregar 265 km, mas a Renault informa que nas vias urbanas, ele pode chegar até 298 km.

Para a recarrega, é possível fazer uso de uma tomada comum, recuperando 190 km em 9 horas.

Contudo, se feito o uso de uma recarga rápida, o tempo é de apenas 40 minutos.

Novo motor para o Renault Kwid E-tech 100% elétrico

A Renault desenvolveu um novo motor para o Kwid E-tech elétrico. Dessa maneira, ele tem 65 cv de potência.

Inclusive, a marca diz que o automóvel é capaz de acelerar de 0 a 50 km/h em apenas 4,1 segundos.

No entanto, a velocidade máxima do Renault Kwid E-tech 100% elétrico é limitada, de 160 km/h no máximo, assim a autonomia do automóvel não é impactada.

Neste modelo ainda se tem a função ECO, utilizada para um sistema de regeneração de energia nas frenagens capaz de manter as cargas na bateria, que, de acordo com a Renault, é capaz de otimizar até 9% do consumo de energia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.